Conviver com a TPM - Manual do Casal Hype
Relacionamento

Como conviver com a TPM da sua parceira sem estresse

É um momento delicado na vida de todas as pessoas que estão envolvidas com mulheres que estão nesse período. A Síndrome Pré-Menstrual, mais conhecida como TPM, é de fato um momento crítico para qualquer relacionamento. Mas, como superar esta fase sem estresse e ser o melhor parceiro que alguém já imaginou? É o que vamos explicar neste post com algumas dicas muito úteis.

Não adianta tentar escapar, mais cedo ou mais tarde, infelizmente, a TPM vai surgir e esse fenômeno irá acompanhar a vida da sua parceira por muitos anos e acontecerá TODO MÊS, todo o mês? Sim! Todos os meses, antes da menstruação, esta síndrome aparece e pode ou não acompanhar alguns sintomas físicos e comportamentais.

Tá achando tudo isso um bicho de mil cabeças? Calma rapaz, vamos lá:

O que é TPM?

Conforme explicado, a TPM é uma Síndrome Pré-Menstrual, isto é, um conjunto de sensações que ocorrem cerca de 10 dias antes do ciclo menstrual e segundo dados do Ministério da Saúde atinge cerca de 70% das mulheres.

Nem todas as mulheres sentem os mesmos sintomas durante a TPM, do mesmo jeito que para algumas é um período muito crítico, para outras é uma fase mais tranquila, sem mudanças significativas. São tantas as sensações que esse período causa que a medicina separou a tensão pré-menstrual em 5 categorias:
* TPM A: mais relacionada com a ansiedade
* TPM C: relacionada principalmente a compulsão alimentar
* TPM D: relacionada a sintomas depressivos
* TPM H: relacionada com a retenção de líquidos e suas consequências, exemplo: ganho de peso.
* TPM O: relacionados a outros sintomas

Quais são as causas da TPM?

Devido ao ciclo hormonal que ocorre no organismo da mulher durante (em média) 28 dias para preparação do útero para recebimento ou não de um bebê, os níveis de estrógeno e progesterona sofrem grandes mudanças em suas concentrações e atuações no organismo, sendo o período pré-menstrual caracterizado pela diminuição nos níveis de estrógeno (um dos hormônios responsáveis pelo bem-estar) e aumento dos níveis de progesterona.

Sintomas da TPM:

Os sintomas podem variar de mulher para mulher, seu estilo de vida e hábitos alimentares, mas entre os sintomas podem ocorrer: ansiedade, tensão, dificuldade para dormir, irritabilidade (muita, rs rs), alterações de humor, desatenção, compulsão alimentar, dores de cabeça, raiva sem razão, sentimentos perturbadores, pouca concentração, lapsos de memória, baixa autoestima, sentimentos violentos, ganho de peso, inchaço abdominal, sensibilidade e inchaço em mamas e inchaço nas extremidades do corpo. Super tranquilo, né? Nem tem tantos sintomas assim para se preocupar, bem de boa! 😉

Sendo um super parceiro:

Conviver com a TPM - Parceiro - Manual do Casal HypeVocê já conseguiu perceber que esta não é uma fase nada fácil na vida de uma mulher e que muitas vezes, até acaba justificando algumas atitudes e posturas que ela tenha cometido nesse período. É claro que as mulheres não devem usar isso como desculpa ou álibi para ficar fazendo merda por aí, ou sendo chata, grossa, irritante sem necessidade ou motivo, colocando a culpa na TPM. Não né!? Por favor, mulherada!

Mas explicar tudo isso para você é importante para que realmente entenda pelo que a sua parceira está passando, e entendendo toda essa situação fica mais fácil seguir as dicas para conviver sem estresse com ela nesse período:

1) Paciência:

Conforme colocamos no texto, tenha calma, são 10 dias em que essas alterações e sintomas podem ou não aparecer na sua parceira. Se nenhuma mudança no comportamento acontecer, ótimo, que bom para vocês dois. Agora, caso sua parceira esteja no grupo dos 70% de mulheres que sofrem com a TPM, tenha calma e paciência. A fase é tão difícil para você conviver com ela, como para ela conviver consigo mesmo e ter reações que muitas vezes não consegue nem explicar ou controlar. Procure realmente ter paciência e não se afaste. Fugir do problema só irá causar mais dor de cabeça e sentimentos angustiantes nela. Pense nisso!

2) Seja carinhoso:

Isso não se aplica a todas as mulheres e nem em todas as fases da TPM, até mesmo porque existem mulheres que ficam tão irritadas que quanto mais carinho você der mais raiva elas criam. Mas, no geral, a maioria das mulheres gosta de carinho e se sentem mais acolhidas e compreendidas vendo esta postura em seu parceiro. Seja carinhoso na medida certa e tudo vai ficar bem.

3) Alimentação:

Também já falamos que mulheres no período de tensão pré-menstrual sofrem de transtorno alimentar, certo? Então, já que você tem esses conhecimentos antes que a bomba estoure, use isso como seu aliado para ser um excelente parceiro. Não critique o que ela quiser comer, não julgue, não fique medindo as quantidades, apenas relaxe e deixe ela viver esse momento. Ao invés disso, você pode cozinhar alguns pratos bem legais para ela, ou fazer alguns petiscos para comerem enquanto estiverem juntos, como: pipoca, salgadinho, tudo para ela diminuir a ansiedade e melhorar essa compulsão. Presenteá-la com bombons ou outro chocolate é um gesto super carinhoso. Ela vai ficar muito feliz em ter um parceiro tão compreensível e atencioso ao lado dela. Fica a dica!

4) Exercícios físicos:

Já publicamos aqui no blog uma matéria sobre: Por que casais que praticam exercícios físicos juntos são felizes? Além de ter uma rotina saudável ser extremamente importante para a saúde, um dos principais aliados para evitar ou melhorar os sintomas do período pré-menstrual é a realização de exercícios físicos. Mesmo que ela esteja desanimada, tristinha e não querendo fazer nada, fique ao lado da sua parceira e mostre o quanto você se importa com o bem-estar dela. Dá uma sacudida nela e bora para a academia. Seja assim antes, durante e depois da TPM, aliás, seja assim sempre, um motivando o outro. Mas, caso ela esteja se sentindo muito inchada, indisposta para sair de casa e ir até à academia, faça os exercícios em casa mesmo. Siga as orientações do Programa Fit 15. Não deixe a sua parceira parada, principalmente nesta fase. Praticar exercícios só será positivo para vocês.

5) Respeite o tempo dela:

Conviver com a TPM - Respeito - Manual do Casal HypeIsso mesmo, respeito. É complicado pensar que para não existirem conflitos nesse período, que o homem tenha que “pisar em ovos” para que o casal possa ficar bem e sem estresse. E também é complicado porque não é apenas de TPM que o mundo vive, mas, tente se colocar no lugar na sua parceira e realmente respeite esse momento dela. Se você não estiver muito bem para ser o companheiro mais carinhoso, paciente, cauteloso e motivado, até mesmo pelos seus próprios motivos, seja verdadeiro com ela e fique mais na sua. É preferível você explicar que também não está tendo um dia bom e cada um ficar no seu canto, do que deixar que os hormônios dela compreendam a situação sozinhos. Aja com clareza e sinceridade. Esse período de tensão vai passar, como qualquer problema na vida passa.

Agora que você já sabe o que é a TPM, o que ela causa, os sintomas e o que fazer nesse período, fica muito mais fácil manter uma rotina mais saudável no seu relacionamento, não é mesmo? E você e sua parceira também não precisam passar por isso a vida toda. Oriente a sua companheira a procurar um médico e entender um pouco melhor o que é possível fazer para melhorar esses sintomas. Destacamos aqui os exercícios físicos, uma rotina saudável e uma alimentação melhor, mas também existem muitos remédios no mercado para auxiliar nessa questão. Peça que ela procure um ginecologista e siga as orientações do médico.

Se você trabalhar todas essas ferramentas, com certeza terá um relacionamento sem estresse e ainda vai ganhar o troféu de parceiro do século. Tudo que uma mulher precisa é de um homem que tente compreender todas as mudanças que ela passa, e lendo esse post você está bem mais preparado para isso.

Gostou? Está um pouco mais calmo agora? Se você achou essas dicas valiosas para a sua vida e vai colocá-las em prática, escreva aqui nos comentários. Nas nossas redes sociais, sempre postamos frases e dicas bem legais para casais. Quem sabe você não usa uma das frases para colocar em um cartão para ela, que tal? Junto deste cartão coloque um bombom também, com certeza ela vai amar 😉

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *