Sobre o Blog

Olá, eu sou o Lucas… 😀

Oi, eu sou a Rhuane… 😉

E NÓS SOMOS UM CASAL HYPE! 

Entenda logo abaixo…

NOSSA HISTÓRIA

O ano era 2000.
Ela tinha oito anos, ele quase oito…
Ela era dentuça e parecia ter alguma descendência asiática (mas não tinha)…
Ele era baixinho, magrelo, e parecia ter algum pacto com as trevas (menino levado)…
O destino era a escola do bairro onde ambos moravam
Ela já estava lá, ele chegou atrasado, mas chegou…
Neste dia eles se conheceram.

INFÂNCIA

Foram três anos juntos no ensino fundamental, onde aprenderam a recortar revistas para escrever palavras, descobriram que educação física serve para pular corda e jogar bola. Juntos eles ficaram entorpecidos pela primeira vez ao sentir o cheiro da prova de matemática impressa em um mimeógrafo - só de lembrar já me perco nas palavras… respira!
Voltando…
A escola já dizia muito sobre o futuro dos dois. As crianças ranhentas - vulgo coleguinhas de sala - viviam chamando os dois de namorados, entretanto…o beijo saiu uns cinco anos depois. Mas calma! foi só um beijo, um gesto sem muita expectativa, sabe como é, pré-adolescente, não quer nada sério, é apenas curtição, pegação, blá, blá, blá… bullshit .

O NAMORO

O ano era 2005, 12 meses após o incidente do “primeiro beijo”. Neste período aconteceu o “segundo beijo”... Um mês depois, 11 de setembro de 2005, o menino magrelo pede a menina dentuça em namoro, na escola, em uma quadra poliesportiva, no meio de uma partida de futebol - era aula de Educação Física da 6a. série. Em 2006 pela primeira vez ela disse para ele “Eu te amo”, e ele respondeu; “nunca amei ninguém antes, não sei como é sentir isso” … menino idiota. No mesmo ano eles se separaramcrianças idiotas.

REBELDE SEM CAUSA

O período da adolescência é sinônimo de rebeldia. No caso desses dois, além da rebeldia sem causa, das vestimentas e acessórios diferentes (bizarros), paixões por ídolos Rock n’ Roll dos anos 80, foi também sinônimo de grandes descobertas e enredo amoroso.

Eles voltaram a namoraradolescentes idiotas.

Ele como um bom hard rocker juvenil, se exibia com sua guitarra, tocava em uma banda, andava de skate, entre outras coisas que os adolescentes “rebeldes” dos anos 2000 faziam.

Ela também ouvia bandas de rock, mas diferente dele, ela era mais preocupada com as notas da escola, em conseguir um emprego, e essas coisas de “menina direita”. Ela também gostava (ainda gosta) de dançar, e sabia alguns funks da época - Piririn, piririn, piririn, alguém ligou pra mim. Quem é?.

Eles passaram toda a adolescência juntos e quando digo juntos, é junto mesmo. Estudaram juntos, trabalharam juntos - comemoraram juntos e também brigaram juntos[...] E todo mundo diz que ele completa ela e vice-versa, que nem feijão com arroz[...] Em 2009 eles se formaram no ensino médio...juntos!

QUASE ADULTOS...QUASE!

Em 2010 ela entrou para a Faculdade
Ele só foi prestar o vestibular em 2011 e começou o curso. Neste mesmo ano eles se separaram pela segunda vez, mas durou pouco tempo, coisa de algumas semanas… quase adultos idiotas.
Em 2012 ela conquistou o seu diploma em Gestão Comercial com Ênfase em Marketing, mesmo não se identificando muito com o assunto - na época - começou a trabalhar na área. Ele ainda estava na faculdade, tinha três empregos e uma banda... O pai do Chris ficaria orgulhoso.

Esse período talvez seja o primeiro em que nos deparamos com as dificuldade de manter uma relação “adulta”. A falta de tempo, as constantes provocações da sociedade, a família…o mundo parece cooperar contra a sua relação.

– Superamos.

VIDA ADULTA

Dezembro de 2013, ambos com 21 anos, um total de 8 anos de experiência em relacionamento amoroso… Quem diria!?
Ele, um estudante universitário e desempregado... O pai do Chris ficaria P$#@ da vida.
Ela, Funcionária da biblioteca da Faculdade, onde iniciava sua segunda graduação em Medicina Veterinária graças à bolsa de estudos.

E foi com esse cenário “financeiramente favorável”, que os dois decidiram morar juntos. E assim partem para o mais novo desafio de suas vidas… Vão com Deus!

O período de 2014 foi marcado pelo primeiro ano de “casados”, mas também pelo novo emprego em que ele havia conseguido na faculdade onde ela estudava e também trabalhava. Além disso,no final do mesmo ano, ele conquistou o seu diploma em Comunicação Social - Jornalismo… Hip-Hip-Hurra!

RESUMO DA ÓPERA

Até o ano de 2016 eles permaneceram juntos, na mesma casa, evoluindo em suas carreiras, viajando, acampando...essas coisas que as pessoas costumam fazer. Sabe, né?

A partir desse ano até o início de 2018 as coisas pareciam que iriam desmoronar.

Houve uma nova e agora “grande” separação, eles saíram da casa, ela voltou a morar com a mãe, ele foi morar sozinho em outra casa. Ele se tornou chefe na empresa, ela também foi promovida a novos cargos... ambos perderam o emprego.

Foi uma verdadeira metamorfose, porém não poderia ter sido melhor ensaiada


Às vezes, quase sempre, não sabemos onde estamos nos metendo durante as fases da nossa vida. Estamos sempre em busca de paz, do silêncio, mas acabamos indo sentido contrário. E a vida continua lá, nos batendo, mas também nos alertando... Ela nos mostra o caminho certo, e mesmo que você vá contra, rumo ao barulho, ela continua te mostrando qual direção você deve tomar.

E quando você se toca e começa a seguir o que a vida está te ensinando há tempos, as coisas tendem a melhorar.

O BLOG

Ao todo são 19 anos de amizade e 14 anos de relacionamento. Aos 27 anos, nos tornamos um casal diferente, porém somos muito iguais aos outros em vários aspectos.

Estamos longe de ser um casal perfeito, mas quando estamos juntos nossas imperfeições se disfarçam de sorrisos, de conquistas, de maluquices, de sexo… de amor.

Talvez seja impossível descrever tudo o que faz um casal ser bom, ser perfeito, ser HYPE! Mas, acreditamos que seja possível reunir TUDO aquilo que nos completa como casal, como namorados, amigos… REUNIR TUDO ISSO EM UM SÓ LUGAR!

Esse é o propósito do Manual do Casal Hype, unir aquilo que nos completa, que nos inspira e que nos faz ser mais criativos para compartilharmos com todos os casais raros que estão por aí!

Sejam Bem-Vindos!E aí, como anda a vida?

Desfile de 7 de setembro - 2001